Roseli Ferreira da Silva Nicolette, 40 anos, é agente de organização escolar, popularmente chamada de inspetora de alunos. Mora em Guararapes-SP e conta com o preparo que a corrida lhe dá para passar os dias pra lá e pra cá na escola em que trabalha. Confira!

´´Comecei a correr em 2018 e na época a meta era emagrecer e juntar os amigos. Era sofrível! Eu não conseguia respirar direito e não tinha técnica, mas amava a sensação! Aos poucos fui ficando boa nisso e decidi correr minha primeira prova, de 5K. O máximo que eu corria na época eram 3,5K. Fui na empolgação e terminei a prova muito bem, em 27 minutos. Fomo embora logo após a chegada sem saber que eu havia ficado em 4º lugar na minha categoria.

Aos poucos fui me apaixonando pela corrida e como em minha cidade não tem assessoria, buscava na internet as informações sobre os treinos. Na pandemia eu e uma amiga corremos todos os dias. Era a nossa terapia!

Em 2022 conheci o Siqueira da Evoluir Sempr3. Na época eu ia para minha primeira São Silvestre, mas ainda não havia treinado com assessoria. Eu queria subir bem a Brigadeiro, o que consegui lindamente.

Agora com a assessoria e com o SISRUN os resultados estão aparecendo. Com os treinos voltados para o meu perfil estou evoluindo e quero evoluir cada vez mais.

Hoje a corrida fortalece o meu amor próprio! Com a corrida, me sinto uma super mulher, venço desafios, tenho mais disposição e ainda motivo as pessoas ao meu redor a terem uma vida mais saudável.

Agora, o meu desafio em 2023 será correr a minha primeira maratona!“

  • 1946
  • 0
  • 1

359 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *