marilia mlf2

“Sou diabética há 25 anos. Em meados de 2016 eu já tinha o costume de caminhar. Às vezes arriscava uns trotezinhos. Um dia, por impulso, me inscrevi na Corrida da Longevidade Bradesco. Me animei. Na esperança de emagrecer e fazer da atividade física uma rotina, comecei a correr esporadicamente. Corria sozinha, sem orientação, e parecia não fluir. Resolvi pedir informações a uma amiga que já corria. Pedi que me indicasse alguém. Ela me indicou o Alemão (Marcos Renatto Reis) e acabei entrando para a MLF.

marilia mlf1.jpgA corrida me ajudou no processo do controle do diabetes. Passei a ter um olhar diferente sobre a alimentação, porque a corrida exige um pouco disso, disciplina. Consegui enxergar que tudo aquilo, a corrida e a alimentação, estavam fazendo com que minha glicemia diminuísse.

Confesso que sou afobada, mas estou evoluindo bem. Comecei a corrida do zero, passei a correr 5K, fui me empolgando, percebendo que conseguiria correr mais. Hoje já corro 15K e com muitos amigos na equipe me apoiando já faço planos para 2018. Encarar o desafio de correr os 21K e já ir pensando numa maratona em 2019. Tudo isso com o suporte de um treinador.

Encaixo os treinos sempre após a jornada de trabalho. Chego em casa e já vou para o treino. Quando não consigo ir no dia, tento jogar para o outro. Mas tento completar a planilha. Hoje, a corrida tem um lugar especial na minha vida. Me sinto realizada, poderosa (risos). Chego do trabalho e logo vou treinar. Sei que dou conta disso.

Já me permito sonhar em correr algumas provas. No mundo das corridas é impossível se contentar em sonhar com uma só. Mas penso muito na Maratona de Santiago, no Chile.

A corrida muda a nossa vida. E muito. Desde a saúde até às relações pessoais. Nesse pouco mais de um ano de corrida conheci pessoas maravilhosas, que sempre estão ao meu lado. Minha autoestima deu um ‘boom’ maravilhoso. Quando fazemos o que gostamos com pessoas que gostamos, tudo flui naturalmente.”

Marília Soares Pereira é pedagoga, tem 33 anos e mora em Marília-SP. Recebe suas planilhas online da MLF através do SisRUN

Compartilhar:

123 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *