Lá se vão 13 anos desde seus primeiros treinos de corrida. Hoje, o empresário Leomar Júnior, de 36 anos, já coleciona no currículo um Desafio Cidade Maravilhosa (21K+42K) e 10 provas de triathlon 70.3. Atleta de Jaime Madureira (Nossa Run – Nossa Tri) em Aracaju-SE, Leomar segue se virando para manter os treinos lá em cima em épocas de pandemia. Confira!

Quando e como foi o início na corrida?

Comecei a correr em 2007. Corria sozinho todos os dias. Meu pai e a esposa dele sempre foram corredores e passei a ter o hábito deles. Em 2015 entrei em uma assessoria de triathlon, começando a seguir planilhas e treinos específicos. A partir daí comecei a disputar algumas provas.

E como tem sido sua evolução?

Tem sido constante. Em 2018 fiz minha primeira maratona e no ano passado me lancei ao famoso Desafio Cidade Maravilhosa na Maratona do Rio. Corri 21K no sábado e os 42K no domingo. No triathlon a experiência é um pouco mais antiga. Em 2015 fiz meu primeiro 70.3, somando até hoje 10 provas nesta distância. Todas concluídas.  Sem contar as muitas provas mais curtas, como as modalidades sprint e olímpico, inclusive conseguindo alguns bons resultados nas etapas estaduais.

Como são os treinos? Você visa a performance?

São sempre intensos e produtivos! Viso sempre a performance, afinal as provas que disputo exigem muita dedicação. Essa dedicação impacta em tudo na minha vida. Afinal, preciso ter meus dias bem planejados e organizados de forma que eu consiga treinar duas modalidades por dia.

Quais seus planos a curto, médio e longo prazo?

Pretendo fazer um Ironman em 2021, o que requer ainda mais dedicação e disciplina. Sempre me mantenho competindo nas provas mais curtas, inclusive esse ano já disputei duas provas na distância sprint. Em uma delas fiquei entre os 10 primeiros no geral e 3º na categoria.

Como tem sido esse período difícil que vivemos?  

Dias de treinos indoor. Natação não há como treinar. Mas tenho pedalado em rolo e ainda consigo sair para correr sem maiores problemas. Mas já sinto as coisas piorando e fatalmente devo parar a corrida por um tempo até as coisas estabilizarem. Vou seguir pedalando no rolo e fazendo exercícios específicos, voltado para as modalidades que eu pratico.

Como a assessoria e Sisrun se encaixam nesta rotina?

Se encaixam de forma perfeita. Eles permitem que eu consiga me organizar de forma prática. Consigo ter um bom feedback com meu treinador, rápidas respostas … sou muito satisfeito com o SisRun.

Compartilhar:

186 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

1 thought on “Em meio a pandemia, Leomar Júnior sustenta os treinos em Aracaju-SE”

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *