Samantha Souza é profissional de Educação Física e mora em Porto Alegre-RS. Aos 28 anos tem uma bela carreira como corredora amadora. Começou a correr despretensiosamente em 2014 e em sua primeira prova já sentiu o gostinho do pódio. Confira!

“Comecei a correr no final de 2014, quando participei da segunda edição da corrida de Natal em Porto Alegre. Conheci o Arthur, da Re9 Assessoria Esportiva, na faculdade e ele fez minha inscrição para a prova. E logo nesta primeira prova fiquei em segundo lugar no geral feminino nos 3K. Eu dava aulas de bike, ciclismo indoor, em academias e tinha um bom condicionamento, embora não fosse específico para a corrida. Comecei a treinar com o Arthur e não parei mais. Com os treinos, comecei a corrigir a postura com treinos educativos. Foi um processo longo e com uma evolução gradual. Aos poucos fui conquistando pódios e resultados expressivos.

Os treinos são de acordo com o objetivo específico para cada período. Treino corrida de três a quatro vezes por semana corrida, pedalo em média cinco dias e faço reforço muscular três vezes na semana. Sempre procurei o meu melhor desempenho, com isso, o meu objetivo é performance. O esporte requer disciplina, hábitos saudáveis. Como trabalho com a saúde e o treinamento físico, isso faz parte do meu dia-a-dia.

Ao final de cada temporada, traçamos as próximas metas e iniciamos o planejamento para o próximo ano.  Sou de provas curtas (3 e 5K), sempre com o foco em baixar tempo. Mas já corri provas de 10K, 16K, meia maratona e maratona. A longo prazo quero participar de uma ultramaratona.

O esporte e o treinamento esportivo fazem parte da minha vida em todos os sentidos e por isso esse período está sendo bem complicado. Meus treinos tem sido com o objetivo de manter o condicionamento e a saúde.

Nós da Re9 Assessoria Esportiva trabalhamos com o SISRUN e como todo o treinamento dos alunos tem sido á distância, o app tornou-se essencial e uma ido uma ótima ferramenta.”

Compartilhar:

180 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *