Aos 43 anos, o maquinista ferroviário Luciano Eduardo Costa mantém uma rotina de treinos que o ajuda a controlar o transtorno de síndrome do pânico. Nem sempre foi assim. Depois de abandonar a corrida por alguns anos, Luciano, que mora em Serra-ES, voltou a correr em 2015 e com ajuda de assessoria especializada e do aplicativo SisRUN, não parou mais. Confira!

luciano
Luciano e a esposa,  Manuela

“Há alguns eu mantinha o hábito de correr como forma de manter uma boa qualidade de vida. Mas não havia o costume de participar de provas ou fazer treinos com orientação especializada. Assim, sem um objetivo a alcançar ou alguma motivação, eu acabei deixando a corrida de lado. Até que no final de 2015 eu decidi voltar. E não parei mais. Até por que a corrida ma ajudou a tratar um sério problema de síndrome do pânico.

Decidi procurar uma assessoria esportiva e acabei chegando à Running4Life. E com os treinos especializados, tenho evoluído na minha forma de correr e consequentemente no meu desempenho. Comecei com os 5K e acabei chegando à meia maratona. Agora, já faço planos para correr os 35K da La Mision, em Passa Quatro, e os 25K da Uphill, na Serra do Rio do Rastro.

Nem sempre é fácil conciliar os treinos com o trabalho, que no meu caso é por escala, mas para alcançar o meu o objetivo eu sempre dou um jeito. E nesse ponto o aplicativo SisRUN é bem importante. Ter a planilha de treinos bem ali na minha mão e receber aquelas frases motivacionais ajuda muito. Mas correr é algo que transforma os meus dias. Me dá ânimo e disposição. Às vezes chego do trabalho cansado e mesmo saio para correr e cumprir a planilha. Fazer isso faz com que eu me sinta restaurado e que eu acabe levando para a minha vida profissional o foco e a disciplina dos treinos.”

Compartilhar:

142 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *