Giovanna Bonella Barros, 47 anos, é formada em Educação Física. Desportista e empreendedora, é sócia da irmã, a enfermeira Giuliana, do DOLCE VITA Centro Especializado

em Cuidado ao Idoso. Mora em Santa Maria-RS e em março completa três anos de treinos com a GoFIT Assessoria Esportiva. Mas que papel a corrida tem em sua vida? Confira!

“Sempre fui amante dos esportes e por isso me formei em Educação Física. Desde sempre pratiquei diferentes modalidades. Comecei nos anos 80 e passei pelo vôlei, pelo padel, pelo tênis, natação e atualmente estou me dedicando à corrida de rua.

Minha primeira prova foi em março de 2017, quando fui acompanhar minha irmã, que estava a trabalho como socorrista. Era uma caminhada e corrida pelo dia da mulher. Chegando lá fui convidada a caminhar. Me inscrevi e alternei caminhada com trote. Ao chegar achei a emoção interessante.

Treinando sozinha todos os dias e sem distância adequada começaram as lesões. Foi então que busquei a GOFIT Assessoria Esportiva. Conheci o professor Márcio Pretto, que ajustou os dias de treino e o quanto o meu corpo poderia fazer dentro do potencial que ele tinha. Comecei a fazer parte de um grupo de diferentes pessoas, de diferentes níveis e nele estou até hoje. Somos hoje uma grande família, que se conforta, se apoia, se incentiva. E ao conviver no grupo, tudo, tudo virou prática, virou um treino … desenvolvemos a paciência ao ver nosso amigo avançar… e por aí vai. 

A GoFit tem quatro professores especialistas e habilitados para treinos de corrida. Eles nos proporcionam um momento de aprendizagem pura. Com eles nos desenvolvemos (treinamos) nas convivências, paralelamente com o nosso corpo e nossos limites. Nos chamamos de time, cada um diferente e todos com o mesmo objetivo: “se manter correndo na sua melhor forma”.

Atualmente treino três vezes por semana e gosto muito de participar de provas grandes. Em junho passado corri no Porto, em Portugal, a Corrida de São João, que é como a São Silvestre no Brasil. São 15km na paisagem ímpar à beira do Rio D’Oro. Fiz a São Silvestre em 2018 e no ano passado novamente. Foi uma prova em que o desafio de passar a linha de chegada foi o maior que já tive, pois vinha de uma última prova inacabada. Mas o meu treinador me mandou uma mensagem de voz na noite da prova e me senti muito confiante. Corri com o time! Com amigos da GoFit numa manhã quente e divertida, típica da São Silvestre, o que faz desta prova única.

Mas a prova que me emocionou incrivelmente foi quando conquistei os meus primeiros 10k, na Maratona de Florianópolis, em agosto de 2018. Eu ainda não estava por acreditar que eu e meu corpo chegaríamos a tanto. Foi ali que descobri o poder de uma assessoria e o nosso poder pessoal sobre nosso corpo. Foi ali que eu acreditei em tudo! Principalmente que se eu seguisse os treinos eu conseguiria ainda mais, e que o sonho de 21k poderia ser alcançado.

Para 2020 seguirei treinando para repetir o feito dos 21K, que fiz pela primeira vez na Maratona Internacional de Porto Alegre, em maio de 2019.  Dessa vez será dia 19 de abril, em Montevidéu. Irá um ônibus da equipe, do nosso time e estamos todos muito empolgados, ficando evidente o poder de uma equipe do estilo da nossa na vida de um corredor.

A meu ver é essencial uma equipe de assessoria para nos motivar, além do objetivo principal que é nos guiar nos treinos. Atualmente usamos o app SisRun, que facilita a comunicação direta com os treinadores. É um canal que engloba tudo que precisamos num só ambiente … desde a planilha até os aniversariantes do mês, tem tudo ali! Curto muito!

A corrida é algo muito interessante que me aconteceu e eu poderia escrever horas sobre a metáfora da vida que ela desenha. Pra mim ela é como um remédio mágico, que me ajuda a resolver muitas questões da empresa e da vida, e ainda me presenteia com prazer da realização no final. Eu costumo dizer que a corrida nos “motiva a ação de pensar”, e com a liberação dos hormônios tudo acontece mais fácil.

Adoro ter um sonho a trilhar, curto ver dar certo uma ideia, ver o envolvimento de pessoas proativas, tenho prazer na jornada da realização… e muito mais no final, colher os resultados, daí imagina só sonhar correr 21k, em Paris…Porque não?  Fica o sonho formalizado aqui e já o convite para quem quiser correr, saiba que é possível… basta começar pelos primeiros trotes e colherás as melhores surpresas que podes ter de você. Força sempre e continue!”

Compartilhar:

154 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *