Há uma máxima que diz que “Não é só corrida!” Cada um completa de acordo com o efeito da corrida em sua vida. “Não é só corrida. É diversão!” ou “Não é só corrida. É cidadania!”. No caso do caldeireiro de São Francisco do Sul-SC, Marquinhos Mazzuti, não é só corrida. É a própria vida! Quer saber por quê? Ele conta! Confira!

“Durante algum tempo, eu tive muita dificuldade com as drogas em minha vida. Em 2010 cheguei a viver como um mendigo e em 2012 fui para uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. Então comecei a me recuperar. Há cerca de sete anos eu estou limpo e uma das melhores coisas que Deus colocou em minha foi a corrida.

Tudo começou com um desafio lançado pelo o pastor Bruno, para eu correr 5 km na corrida ‘Mexa-se pela vida’. Eu topei a ideia, mas tinha um problema: eu pesava 85 quilos. Então decidi começar melhorando a minha alimentação. E após uns dois meses de treino e foco para perder peso, acordando 5h da manhã para treinar e depois trabalhar, cheguei a 71 quilos.

Chegou o grande dia: 19 de novembro 2017. Havia mais de 300 pessoas e a premiação era até o sexto lugar. Então eu falei para os meus amigos que estava ali para ficar entre os seis primeiros. Eles deram risadas. Fui para corrida e chequei em sexto, com 23:50. Para mim, a sensação era de que eu havia sido o vencedor.

Então um amigo me desafiou a correr 10km e em Estância Velha-RS. E no dia10 de dezembro 2017 eu corri a distância e fiquei em terceiro lugar. Uma felicidade sem tamanho.

Em 2018 minha vida tomou um outro rumo. Por causa do trabalho me mudei para São Francisco do Sul-SC. E Deus colocou em minha vida o treinador Cafu e a Street Runners. Com eles, dia após dia, fui me desenvolvendo, melhorando meu pace e me destacando em algumas corridas. Foram alguns pódios e muita felicidade.

Através do Street, conheci e consegui o apoio da Nutricionista Maria Elisa, que tem sido muito importante.

Através da corrida, fui conseguindo superar minhas maiores dificuldades. Hoje, correr é tudo para mim. Até por que, correndo eu fiz grandes amigos! Hoje, estar correndo é a maior vitória da minha vida, não importa se vou ou não ao pódio.

Sou grato a todos que estão me apoiando, principalmente à minha equipe. Eles acreditam em mim! Um apoio que cresce a cada dia e que me faz seguir firme nesta jornada!”

 

Compartilhar:

134 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *