Mariana da Luz Gomes de Lima, 24 anos, mora em Diamantina-MG e é militar do Exército Brasileiro. Começou na correr de forma despretensiosa e viu a modalidade tornar-se uma grande aliada na carreira militar. Confira!

´´Comecei a correr em 2019, quando estava fazendo faculdade. A corrida era uma válvula de escape da rotina agitada e estressante de estudo. Ela veio de forma tão inesperada, informal e acabou ficando em minha vida até hoje!

Iniciei com a ajuda de um amigo conhecido mais como Vô Toninho. Ele que me ensinou as técnicas básicas da corrida e com elas pude obter excelentes resultados.

Após dois anos de corrida, entrei no Exército Brasileiro e lá pude perceber o meu diferencial na corrida em comparação com os demais. Devido a isso, busquei sempre estar treinando e participando de corrida.

No final do ano passado, percebi que precisava me aperfeiçoar ainda mais e seria necessária a orientação de um profissional capacitado. E hoje faço parte da ADAC Assessoria, onde encontro treinos, planilhas, correções, orientações e espírito de competitividade.

O impacto da corrida em minha vida sempre foi positivo. Sempre me fez viva e feliz. Corro por prazer e satisfação. A corrida me ensina ter paciência, perseverança e o mais importante: confiar no processo. Pilares necessários para a vida humana!

Meu objetivo com a corrida é dentro da minha carreira profissional, representar o Exército Brasileiro/ADAC em competições nacionais e internacionais. E a assessoria entra como um alicerce necessário. Ter orientação e direcionamento são requisitos para quem busca sucesso no seu objetivo. Isso sem deixar de lado a minha frase inspiradora: “Sempre realizo a corrida Sorrindo!”

359 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *