Em setembro de 2017 o advogado de Belo Horizonte Louis Augusto Dolabela Irrthum pesava 120 quilos. Decidiu dar um basta nos hábitos que tinha até então. Entre as mudanças, resolveu adotar a corrida, para acelerar a perda de peso. Hoje a atividade tem uma dupla função: o ajuda a manter a forma e serve de estímulo para manter os hábitos agora saudáveis. É como o enigma da Tostines, lembra? Hoje Louis treina com a BH Run e corre para se manter em forma, mas Louis também se mantém em forma para seguir correndo. Confira o jogo-rápido com Louis Dolabela.

 

Quando e como a corrida entrou em sua vida?

A corrida entrou em minha vida em setembro de 2017 quando resolvi mudar meus hábitos de vida.

 

Como tem sido sua evolução até agora nas distâncias? 

Comecei correndo pequenas distancias, participando de provas de 5k e nesse período já fiz cinco meias-maratonas.

 

Como a BHRun e o SisRUN são importantes para manter a motivação lá em cima?

O envio semanal da planilha, a facilidade em acessar os treinos e as mensagens do aplicativo são o incentivo para concluir cada treinamento proposto.

 

Mira alguma prova especial? Qual o seu sonho na modalidade?

Não miro prova especial. Sonho em fazer uma maratona e penso em concretizar na Maratona das Cataratas.

 

Encontra alguma dificuldade para conciliar treinos, família e trabalho?

Não. Acordo todos os dias as 4h30 e às 6h faço meu treino. Primeiro treino, depois começo o dia.

 

Como o esporte interfere na sua vida? Ânimo, força, disposição…

O esporte transformou minha vida e meu corpo. Tenho mais força, mais disposição, menos ansiedade, mais paciência. Fiz três tatuagens. Uma de um corredor em que se lê: a dor é temporária, a gloria é eterna. E tenho duas frases no corpo: se for pra desistir, desista de ser fraco e até o final mesmo que doa a alma.

 

Leva para sua vida profissional –  ou vice-versa – o planejamento, a disciplina necessária para os treinos?

Levo para minha vida profissional a disciplina dos treinos. E por trabalhar com direito desportivo o esporte me traz constantemente novas lições.

Compartilhar:

142 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *