Max Trainer faz sete anos de vida em novembro. O sonho do treinador Maxwel Menezes nasceu, cresceu e fincou raízes no IAPI, conjunto habitacional no bairro da Penha, no Rio de Janeiro. Max faz questão de lembrar do primeiro treino e saborear – sempre trabalhando – o sucesso da assessoria. Hoje, aos finais de semana, nos treinos longos, seus atletas podem ser vistos correndo por vários cantos da Cidade Maravilhosa. Confira!

“A Max Trainer completa sete anos em novembro. Há muito tempo sou envolvido com esportes, especialmente futebol, onde cheguei a ser goleiro amador. E sempre gostei dos treinamentos em circuitos. Quando deixei o futebol já pensava em ter o meu próprio negócio.

Sem os treinamentos do futebol, comecei a correr na rua para manter a forma e passei a participar muito das provas de rua. Aquilo despertou em mim a vontade de ter uma equipe de corridas. Terminei a faculdade de Educação Física, fiz uma pós-graduação e ganhei o suporte necessário para começar a dirigir treinamentos.

Depois de fazer alguma divulgação, chegou o dia do primeiro da Max Trainer. Uma apreensão danada por que choveu a semana inteira. E o treino inaugural não foi lá essas coisas. Só aparecerem cinco pessoas. Todos familiares e amigos. E na manhã seguinte a mesma coisa: quase ninguém! Muito por conta do local, o IAPI da Penha, em que uma assessoria esportiva era algo novo. Mas acho também que o circuito que eu montei era muito grande e as pessoas se assustavam. Assim foram as primeiras semanas, com um ou outro passando e pegando informações. Eu, empolgado, falava sobre corrida, sobre os treinos, a evolução. Aos poucos as pessoas foram se matriculando.

Nossa prova de estreia foi a Corrida de São Sebastião, em 2015. Éramos em quatro abrindo de vez as portas do mundo running para a Max Trainer. Na prova seguinte já éramos 10! Crescemos aos poucos, de prova em prova. Já corremos muitas no Rio e fora do Rio. Provas importantes e aquelas menos conhecidas. Até que chegou a oportunidade de irmos a Meia Maratona de Natal-RN. Já éramos mais de 30 confirmados quando a pandemia melou nossos planos. chegar a oportunidade de irmos para a Meia de Natal, Íamos em mais e 30, mas a pandemia adiou. Enquanto isso vamos correndo por todo o Rio de Janeiro em nossos treinos longos.

Desde o primeiro treino estamos crescendo. Tenho orgulho de ter alunos treinando comigo desde aquela primeira semana. Mas no geral há uma certa rotatividade, com atletas que só nos procuram nos meses mais quentes. Firmamos parcerias com empresas da região, alguns convênios e passamos a oferecer treinamento à distância.

Assim chegamos até aqui, em tempos que jamais pensando viver: uma pandemia. Tem sido sem dúvidas o maior desafio que já vivemos. Nunca pensamos em ter que parar os treinos presenciais sem saber por quanto tempo. Mas também tem sido uma época de muito aprendizado: treinos online, novos desafios, novas motivações, coisas a curto, médio e longo prazo.  O principal desafio do ano é percorrer uma distância de 500km a 1.000km em 2021. Cada atleta escolhe como vai fazer! Vale caminhar, correr, pedalar… Conseguimos motivar muita gente, até o que não eram muito assíduos… Aprendemos com isso que é preciso manter os alunos sempre desafiados e motivados.”

239 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *