O funcionário público Emanoel Catarino Serra Santos conheceu a corrida na década de 80. Deu um até logo a ela e a reencontrou recentemente. Hoje, aos 60 anos, mora em São Luís-MA e tem o esporte como parte importante de sua rotina. Confira!

Comecei a correr em 1980, no exército, depois de uma longa parada voltei em 2017. Recomecei praticamente do zero e evoluí bem nestes quatro anos. Hoje não passa pela minha cabeça deixar de correr novamente.

Atualmente não tenho dificuldades em me manter em atividade. Faço meus treinos dentro do meu limite, da forma que dá e com o acompanhamento de um personal. Hoje faço parte da Atletus, uma assessoria esportiva com base na APA de Itapiricó. Com eles tenho total suporte nos treinos e nas provas. Recebo as planilhas no celular através de um excelente aplicativo. Na pandemia os treinos passaram a ser através do ZOOM, mas já voltamos no presencial.

Recentemente comecei a nadar com a minha filha de nove anos, mas na base da brincadeira. E como costumo pedalar, passeando, para soltar a musculatura, quem sabe em breve eu não comece a praticar triathlon?

Enquanto isso eu foco mesmo é na corrida e nos meus objetivos. Tenho planos de correr a Maratona do Vinho, a Maratona de São Paulo, a Volta da Pampulha e a São Silvestre.

252 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *