Suelen1

A analista de marketing Suelen Pscheidt de Oliveira, corre há oito anos. Depois de boas experiências no asfalto, partiu para as trilhas com o acompanhamento da Carbono Assessoria Esportiva. Aos 34 anos, moradores de Curitiba, Suelen está tão imersa no mundo das corridas que vislumbrou uma oportunidade de empreender. Acabou de criar o ‘KIT NA MÃO CWB’, que faz retirada de kits e leva-os até os atletas de forma personalizada. Confira!

 “Em oito anos de corrida já passei por diversos ciclos. O dos 5k, dos 10K até a meia maratona. Depois comecei a correr em trilhas e, como exige mais força e mais treino específico, voltei para os 5K. Conquistei troféu de campeã paranaense de corrida de montanha – Naventura e dezenas de medalhas.

suelenCorrer em meio à natureza realmente é muito especial e recompensador. Revigora!  Mas como os treinos acontecem geralmente no asfalto continuei com as corridas de rua, aí com distâncias maiores. Depois de fazer quatro meias e muitas provas de montanha, inclusive 21km, em Bombinhas e Ilha do Mel, resolvi encarar o desafio da maratona. Foram sete meses de treinos árduos, seguindo planilha e orientações do treinador, 25km, 30km, 36km, e agora já estava preparada.

Em novembro de 2014 realizei o sonho de participar da minha primeira maratona. Foi uma experiência incrível, eu estava bem treinada e esteve tudo sob controle o tempo todo, finalizei com 4h28min sem dores, sem lesões e com sorriso largo no rosto. Missão cumprida. 
Depois disso engravidei e me tornei uma grávida corredora. O ritmo diminui muito, mas corri durante os sete meses da gestação, sem problema algum. Fui uma grávida muito saudável e ativa. Em 2015 nasceu minha filha e quatro meses depois já estava nas pistas. Faço distâncias menores, tempos mais altos, mas não deixei minha paixão por corrida de lado. Com apoio da família é possível conciliar maternidade com hobbies. Hoje faço provas mais curtas e algumas provas de montanha.  

suelen2Em tantos anos de corrida, algumas acabam ficando guardadas na memória. A Indomit Costa Esmeralda, em que fiquei em primeiro lugar na maratona de revezamento em dupla. A Maratona Internacional de Curitiba; e a Naventura Ilha do Mel.

Este ano vou com um grupo da Carbono Assessoria Esportiva para a La Mision Serra Fina em Minas Gerais, pretendo correr 15K nas montanhas da região. E enquanto agosto não chega, vou fazendo os treinos de por aqui. Corrida da Mulher, Corrida Noturna Unimed…

A Carbono tem sido fundamental em tudo isso. Quando você está bem orientado em relação a quais provas deve fazer, quais tipos de treino e estímulos deve ter, e ainda tem companhia de amigos que estão encarando os mesmos desafios, não tem como dar errado. A evolução e o cumprimento de metas é fato. E o principal, sem lesão e com a expectativa de fazer o que gosta por muito tempo.

Com as planilhas do SisRUN, o treino se torna bem mais organizado e de fácil visualização. Eu consigo me planejar, adaptar, ajustar de acordo com minha disponibilidade. O treinador vai acompanhando, interagindo e vendo todas as dificuldades ou não do treino enviado. Acho uma ferramenta essencial que facilita muito o treino e cumprimento de metas. 

Sonho que cada vez mais pessoas possam experimentar os benefícios da corrida e levem esse estilo de vida para si. O corpo, a saúde e a mente agradecem. E tento dar a minha contribuição para isso. Vivendo há oito anos nesse fantástico mundo das corridas, vamos conhecendo algumas histórias. Vi muitos amigos se virando nos 30 para conseguir chegar a tempo de buscar seus kits nos shoppings ou lojas esportivas. Vi corredores tendo que cancelar compromissos, chegar atrasado na hora do almoço no trabalho ou até mesmo perder a corrida porque não conseguiu buscar seu kit. 

Numa conversa, descobri que 10% dos kits de corridas não são retirados. Então surgiu a ideia de solucionar este problema para que ninguém mais perca a prova por falta de tempo de buscar seu kit. Criei o KIT NA MÃO CWB, em que o atleta envia seu comprovante de inscrição e eu vou até a loja retirar e levar o kit onde o atleta estiver. Em casa, no trabalho, no hotel, ou no dia da prova antes da largada.

O serviço acabou de ser lançado e já está é um sucesso, muita gente gostou da ideia e está querendo essa comodidade também.”

 

Compartilhar:

127 Posts

Jornalista, pai e corredor. Vê a corrida como uma ferramente para fazer a vida fazer sentido. Não se preocupa em ser rápido, nem com a chegada. O que importa é o caminho...

1 thought on “Do asfalto para as trilhas e para as oportunidades, a jornada de Suelen”

Escreva uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *